Não são os filhos que atrapalham a carreira da mulher mas sim o marido

Não são os filhos que atrapalham a carreira da mulher mas sim o marido

Será que é isso mesmo??Capa_para_evento_do_Facebook_–_Facebook_Cover-8-1-720x284 Não são os filhos que atrapalham a carreira da mulher mas sim o marido

Hoje me perguntaram mais uma vez como eu dou conta de casa, trabalho, filho, cachorros e o site. Sabe eu muitas vezes me pergunto também.

Aqui em casa dividimos bem a tarefa e sim, algumas vezes eu preciso faltar no trabalho se o Theo esta doente mas minha sorte é que meu marido pode fazer homework e algumas vezes ele falta também. Não existe emprego mais ou menos importante e sim um revezamento e uma ajuda mutua

Mesmo que nosso tempo livre seja dedicado a educação e os afazeres domésticos o maior obstáculo para a ascensão das mulheres em suas carreiras profissionais são os maridos, parceiros ou cônjuges. Sim eles são os maiores responsáveis por frear o crescimento na carreira das mulheres. segundo a Harvard Business School e publicado na Harvard Business Review.

A pesquisa mostra que o argumento para esse fenômeno é que “tanto para eles, quanto para elas, a carreira dos maridos acaba sendo ‘mais importante’ e ganhando status privilegiado na relação”.

Mas isso não pode ser certo. A mulher opta por trabalhar ou não e se ela esta trabalhando mesmo que ganhe menos não deve ser considerada “menos importante” (isso precisamos frisar bem pois ao meu ver a culpa esta nessa “baixo auto estima” das mulheres que precisam mudar a forma de pensar)

Essa pesquisa compreendeu 25.000 ex-alunos, em sua maioria graduados no MBA, com idades entre 26 e 47 anos. Os resultados apontam que 60% dos homens se diziam “extremamente satisfeitos” com suas experiências profissionais e suas oportunidades de ascensão. O número cai para 40% no caso das mulheres com o mesmo perfil e faixa etária. Sendo que 83% dos homens que responderam, eram casados.

Vamos parar para pensar nisso!!!

Não culpe só o homem e sim sua baixo auto estima!!! Não existe mais e menos importante, na maternidade ambos devem ponderar, educar, aprender e rever esses conceitos antigos.

E quando pensar em casar, namorar ou se relacionar faça essa pergunta e coloque isso na balança. Mudar a cabeça das pessoas é meio difícil!!!